Arquivo

Archive for setembro \28\UTC 2009

Pedido impossível

28 de setembro de 2009 Deixe um comentário

Um homem caminhava pela praia e tropeçou numa velha lâmpada. Esfregou-a, um gênio saltou lá de dentro e disse:

– Ok. Você libertou-me da lâmpada, bla, bla, bla…. mas esqueça aquela historia dos três desejos, você tem direito a um desejo apenas. Diga o que quer.

O homem pensou por um instante depois disse:

Eu sempre quis ir ao Arquipélago de Fernando de Noronha, mas tenho medo de voar. De navio costumo ficar enjoado..Você poderia construir uma ponte até Fernando de Noronha para que eu pudesse ir de carro?

O Gênio riu:

– Impossível. Pense na logística do assunto. São ilhas oceânicas afastadas da costa. Como é que as colunas de sustentação poderiam chegar ao fundo do atlântico? Pense em quanto concreto armado, quanto aço, mão-de-obra… Não, de maneira alguma! A ponte não pode ser! Pense em uma coisa mais razoável..

O homem compreendeu e tentou pensar num desejo realmente bom.  Finalmente disse:

– Sabe, eu fui casado quatro vezes e quatro vezes me separei. Minhas esposas sempre disseram que eu não me importava com elas e que sou um insensível. Então meu desejo é poder compreender as mulheres:

Saber como elas se sentem por dentro…. o que elas estão pensando quando não falam com a gente … Saber porque é que estão chorando… Saber o que elas realmente querem quando não dizem nada… Saber como fazê-las realmente Felizes!!!

O Gênio respondeu:

– Queres a merda da ponte com duas ou com quatro pistas?

nota musical The Smiths – Bigmouth Strikes Again

Categorias:Textos e etc...

Saga Crepúsculo

26 de setembro de 2009 1 comentário

Bom como estou doente em pleno sábado à noite, resolvi parar para assistir ao filme Crepúsculo com calma. Após assistir a três episódios do meu novo seriado favorito sobre vampiros, Vampire Diaries e ao primeiro episódio da nona temporada de Smallville, pensei: Por que não Crepúsculo?  Minhas primeiras impressões sobre o filme quando foi lançado não foram as melhores… Fiquei indignado ao ver um vampiro brilhando como purpurina ao ter contato com o sol, mas enfim, hoje acabei por ver o filme por inteiro e para minha surpresa, não é que o filme é mesmo bom!

Não é uma história sobre vampiros de Anne Rice (Entrevista com o vampiro, Rainha dos condenados) da vida mas até que gostei. Envolve mais a paixão misteriosa da linda Bella Swan, com o vampiro “bonzinho” Edward Cullen e os perigos que esse romance proporciona.

É uma fábula interessante, confesso que o fato de uma amiga ter dito que já viu esse filme mais de dez vezes me deixou curioso. Pretendo ler os três livros da saga escritos por Stephenie Meyer, afinal os livros são sempre melhores que os filmes. Ao final pra minha surpresa, crepúsculo foi dirigido por uma mulher, Catherine Hardwicke. Não conheço outros filmes da diretora mas sei que ela fez um bom trabalho com a primeira parte da saga Crepúsculo. Não entendi por que os dois filmes seguintes da saga (Lua nova e Amanhecer) tem diretores diferentes cada um, será que não gostaram do trabalho da Catherine? Bom, coisas de Hollywood… Vai entender??

Final do ano chegando, Lua nova irá passar no cinema, esse eu não vou esperar pelo DVD, estou curioso para saber se será tão interessante quando o primeiro ou quem sabe melhor. Aproveitando o post para recomendar aos fãs de histórias sobre vampiros, para recomendar a nova sério do canal CW, Vampire Diaries. Até onde sei o seriado é novo e só foram exibidos os três episódios que assisti, e  como escrevi antes, já é um dos meus seriados favoritos junto com True Blood que é outro seriado fantástico sobre vampiros e seres sobrenaturais, Smallville, Dexter, Chuck, The Big Bang Theory, The It Crowd, Heroes e os Simpsons. Um detalhe sobre Vampire Diaries, sua trilha sonora também é muito boa!
Bom, vou ficando pro aqui… Vou “curtir” o resto do meu sábado doente em casa e assistir algum filme.
Abraços!

nota musical Placebo – Running up that hill

Categorias:Cinema e TV

Nada pra fazer…

24 de setembro de 2009 Deixe um comentário

Para refletir…

O menino e a flor

O estacionamento estava deserto quando me sentei para ler embaixo dos longos ramos de um velho carvalho.
Desiludido da vida, com boas razões para chorar, pois o mundo estava tentando me afundar.
E se não fosse razão suficiente para arruinar o dia, um garoto ofegante se chegou, cansado de brincar. Ele parou
na minha frente, cabeça pendente, e disse cheio de alegria:
– “Veja o que encontrei”.
Na sua mão uma flor, e que visão lamentável, pétalas caídas, pouca água ou luz.
Querendo me ver livre do garoto com sua flor, fingi pálido sorriso e me virei. Mas ao invés de recuar ele se
sentou ao meu lado, levou a flor ao nariz e declarou com estranha surpresa:
– “O cheiro é ótimo, e é bonita também… Por isso a peguei;
ei-la, é sua.”
A flor à minha frente estava morta ou morrendo, nada de cores vibrantes como laranja, amarelo ou vermelho,
mas eu sabia que tinha que pegá-la, ou ele jamais sairia de lá.
Então me estendi para pegá-la e respondi:
– O que eu precisava.
Mas, ao invés de colocá-la na minha mão, ele a segurou no ar sem qualquer razão. Nessa hora notei, pela
primeira vez, que o garoto era cego, que não podia ver o que tinha nas mãos.
Ouvi minha voz sumir, lágrimas despontaram ao sol enquanto lhe agradecia por escolher a melhor flor daquele
jardim.
– “De nada”, ele sorriu.
E então voltou a brincar sem perceber o impacto que teve em meu dia. Me sentei e pus-me a pensar como ele
conseguiu enxergar um homem auto-piedoso sob um velho carvalho.
Como ele sabia do meu sofrimento auto-indulgente?
Talvez no seu coração ele tenha sido abençoado com a verdadeira visão.
Através dos olhos de uma criança cega, finalmente entendi que o problema não era o mundo, e sim EU.
E por todos os momentos em que eu mesmo fui cego, agradeci por ver a beleza da vida e apreciei cada segundo
que é só meu.
E então levei aquela feia flor ao meu nariz e senti a fragrância de uma bela rosa, e sorri enquanto via aquele
garoto, com outra flor em suas mãos, prestes a mudar a vida de um insuspeito senhor de idade.

Autor Desconhecido

UM MENINO UMA FLOR 01

Categorias:Textos e etc...

Hello world!

24 de setembro de 2009 Deixe um comentário

Olá mundo??

Enfim…

Não tinha o que fazer…

Resolvi criar um Blog…

Depois de anos de Fotolog, Orkut, Facebook, etc…

Até Twitter…

Nunca tive um Blog…

Então resolvi fazer essa coisa…

E .(ponto)

nota musical Tron – new disco(the tron mix)

Categorias:Tecnologia

A morte do Superman…

24 de setembro de 2009 Deixe um comentário

Essa semana estava olhando o site www.omelete.com.br como costumo fazer todos os dias e me deparei com um artigo intrigante… Como seria se o diretor Tim Burton (Batman, Batman o retorno, Edward mãos de tesoura) tivesse dirigido Superman??

Gosto da maioria dos filmes do Burton, mas o pior estava por vir…
Nicolas Cage como Kal-el?? Realmente… sem comentários…
Pior que quase aconteceu, tem até foto do camarada fazendo teste de elenco com uma roupa ridícula hehehe!

Acho que nenhum Superman o retorno, seria mais tosco do que esse com Nicolas Cage, fala sério!

A foto diz tudo…

superman-nicolas-cage

nota musical Marilyn Manson – Sweet Dreams (Are Made Of This)

Categorias:Cinema e TV
%d blogueiros gostam disto: